sábado, 28 de janeiro de 2017

Review: Mi Bluetooth Speaker

(Não sou reviewista. Logo, entenda isso como um ato de atrevimento no setor...)

A Xiaomi é uma grande empresa chinesa que há muito vem se destacando na fabricação de smartphones e tablets de alta qualidade que oferecem excelente custo-benefício. A empresa não para por aí. Seu leque de produtos é enorme. São powerbanks (inclusive já comercializados no Brasil), speakers, pulseiras inteligentes (não gosto do nome, mas quem pariu não fui eu), câmeras, laptops, drones (SIM! DRONES!), sapatos, chaveiros, ursinhos de pelúcia (WAT?!), entre outras bugingangas...

Tenho alguns produtos Xiaomi em casa e digo sem medo de errar: são excelentes. A qualidade de construção é excepcional e são muito bonitos. É bem perceptível que Xiaomi realmente vem investindo em design nos últimos anos.

Há alguns dias, um colega perguntou sobre um boa soundbar para comprar. Tenho algo que se encaixa mais ou menos na descrição... Então, resolvi elaborar um rápido review de um deles: o Mi Bluetooth Speaker.

Você poderá até encontrar alguns reviews na Internet, mas fiquei motivado para fazer o meu com o intuito de divulgar algumas imagens em alta resolução que tirei com meu nokia 6600. Quando fui comprar meu "altavoz", por incompetência minha ou carência de referências adequadas, não encontrei detalhes que achava relevantes para comprar apresentados em fotos de boa qualidade. Então, lá vai...

O Mi Bluetooth Speaker é um alto-falante de pequeno porte perfeito para uso com smartphones. Considero assim pois testei com 3 smarts e funcionou sem problemas. Já com o Desktop... bom, uso Linux e, às vezes, o Ubuntu implica um pouco comigo. O processo de pareamento bluetooth até funciona, mas não consegui fazer reproduzir som nas caixas. Até que me consideraria incompetente para corrigir o problema, mas 20 anos trabalhando nesse sistema me dão um pouco de segurança para saber a hora de deixar para lá... Apesar disso, a caixa funciona muito bem quando uso a entrada auxiliar e é a que costumo utilizar.

Em suma, se você pretende usar com seu espertofone, a caixinha de som é show de bola!

Como outros produtos Xiaomi que já comprei, o kit inclui somente o essencial: O speaker (óbvio) e uma bolsa de tecido para proteção.

Design


O produto em si é muito bonito e sugere robustez e boa construção. Seu design é muito legal, sendo o corpo todo feito em alumínio anodizado revestido conforme a cor escolhida. A minha é azul, mas, pelo que vi, existem ainda versões em dourado e rosa.

Visão frontal

Visão traseira
Possui contornos arredondados que tornam a caixa bem legal de segurar, mas não são exagerados a ponto de prejudicar o seu design.
Os contornos são arredondados
A caixa é pequena, dado que portabilidade é o foco escolhido pelo fabricante. Possui mais ou menos o tamanho de uma mão aberta e cabe muito bem no bolso para carregar.

A caixa possui aproximadamente o tamanho da mão
A parte inferior possui pés de borracha que aderem bem à superfície, impedindo que a caixa fuja do local durante a reprodução do áudio.

Pés emborrachados

A bolsa é feita em tecido bastante maleável, macio e felpudo como o rabo de uma raposa. Vem com o monograma da Xiaomi estampado em um dos lados, de sorte que o fanboy poderá emoldurar e pendurá-lo na parede se achar conveniente.

Bolsa que acompanha o produto

Caixa de som dentro da bolsa de tecido

Portas e conectividade


A caixa possui conectividade bluetooth 4.0, porta micro USB pela qual é carregada, uma porta AUX e suporte para cartão de memória microSD. Também, possui entrada de microfone para conversa viva-voz enquanto seu smartphone estiver pareado. Testei essa característica também e, para uma distância de cerca de 60 centímetros, o interlocutor percebe com clareza o que estou falando. Perceba nas fotos a qualidade dos encaixes das tampas de plástico no gabinete de alumínio. Remover essas tampas sem danificá-las deve ser bem difícil.

Visão frontal do gabinete de entradas

Visão em perspectiva do gabinete de entradas

Do lado oposto, encontra-se botões para pareamento, controle de volume, play/pause... o de sempre que normalmente equipa caixas de som assim. Se o usuário estiver usando o cartão de memória, um long press nos botões de volume farão as faixas mudar para frente e para trás. Os sons de pareamento são todos em chinês. Não gostei, pois não entendi necas de nada! Isso bem que poderia ser configurável através de um aplicativo.

gabinete de controles
No celular, a caixa aparece com identificação em Chinês. Taí mais uma coisa que poderia ser personalizável. Pelo que andei lendo, a versão anterior dessa caixa tinha instruções de voz e caracteres de identificação em língua inglesa. Ao que tudo indica, a nova versão foi feita para o mercado chinês. Pô, Xiaomi! Nem in ynglish...


Especificações da caixa

Vamos às specs, direto da página da Xiaomi...

Descrição Especificação
Maximum output power: 3W x 2 (4 ohms, THD <1%)
Bluetooth: 4.0
Microphone: Handsfree
Frequency Range: (-10 dB): 85 Hz - 20 kHz
Battery capacity / voltage: 3.8V, 1500mAh
Battery charging time: 2.5 hours
Battery life time: 8 hours
USB powered: 5V / 2A
Operating temperature: 0 ° C - 45 ° C

Bateria


Uma bateria de 1500mAh suporta a carga de trabalho da unidade. De acordo com a Xiaomi, isso dá umas 8 horas de música a todo vapor. O máximo de tempo que já deixei em operação foi umas 3 horas seguidas. Pressionando o botão de pareamento durante algum tempo, dá para ver o status da bateria. Fazendo isso, ouvi uma mensagem em Chinês. Tendi nada! Como eu não uso a caixa em intervalos muito longos, também não tô nem aí para isso. Ainda... deixo a noite toda carregando, de modo que se leva 2, 3, ou 5 horas para carregar, para mim tanto faz!

Qualidade do Áudio


A qualidade sonora é simplesmente excepcional. Digo isso considerando também o custo associado, que é baixo quando comparado com o outras equivalentes.

Segundo a Xiaomi, a faixa de resposta em frequência vai dos 85Hz aos 20.000kHz. Perceba que a caixa é pequena, então reproduzir sons de baixa freqüência com qualidade seria realmente um desafio. O chipset da caixa é o Avnera AV3102, cuja curva de resposta em frequência é mostrada na figura que segue. Claro que o próprio alto-falante da caixa exerce um papel importante na reprodução (cujos detalhes não encontrei), mas o conjunto funciona muito bem, obrigado.

Resposta em frequência do chipset usado na Xiaomi Bluetooth Speaker

Testei a caixinha com algumas músicas que escolhi para explorar a reprodução de graves, médios e agudos. Não sou audiófilo, então minha avaliação é puramente empírica, baseada em gostos pessoais. Se você não gostar dos testes, problema seu. Compre sua caixa, faça seu review e vá reclamar em outro canto. E... bom... vejamos...

Graves



Escolhi a música flatlands, do Delerium por ser completamente recheada de graves. No subwoofer da minha sala, ela derruba tudo que está de pé. A danada da caixa Xiaomi chega a tremer, mas não desaponta, não! Apesar de parecer que vai explodir, o som não apresenta distorções (que eu tenha percebido). É um desempenho realmente muito bom para uma caixa tão pequena.

Médios



A reprodução de voz (tons médios) é um destaque. Coloquei um Boccelli para tocar e ficou ó... Ótima! Chega dá para ver os brônquios do artista brincando com o ar.

Agudos



Para tons agudos a caixa também oferece boa resposta. O violino do Ed Alleyne-Johnson toca que é uma maravilha. É capaz de derreter toda a cera perdida dentro do ouvido se você encostar muito perto.

Final words...


Em suma, é um motorzinho com bastante torque que dá para levar no bolso. E, por falar em bolso, aqui vem a melhor parte: Custa cerca de uns R$140,00 (coletado na data da escrita desse post), já incluindo o frete com rastreio, direto do seu chinês predileto no Aliexpress. Paguei 120 pila no meu!

Você dirá (leia como o Faustão): "ôrra, meu, há produtos semelhantes à venda no mercado nacional que são pau-a-pau com essa porcaria!"

Mas o custo...hhmmm...bem, acho caro o que oferecem para o padrão de preço que exigem. A JBL flip 3, por exemplo,  é excelente (já vi uma em ação), mas custa uns R$370,00 no mercadão libertário (frete Excluso). Outra da JBL que pisca mais que enfeite de natal custa mais que R$800,00...

Peraí, né?! Você quer a caixa para ouvir música! Para ficar olhando de boca aberta como um retardado você já tem a tela do smartphone, seu viciado!

Well...well...well... Nem tudo são flores: sempre há chances de haver taxação na Receita Federal. Neste caso, proteja preveja os fundos para cobrir 60% de imposto e a taxa de armazenamento dos correios. Pedi ao meu amigo chinês para benzer a encomenda com galhos de arruda e água tratada e benzida por monges tibetanos, de sorte que ela não foi taxada. Meu santo é forte! \o/

Apesar das qualidades que apresentei, há dois pequenos inconvenientes: os prazos de entrega, que são normalmente longos, e a garantia, dada apenas pelo chinês Xô-Yô.

Mas, pense bem... Provavelmente você não morrerá em menos de um a dois meses (prazo médio de entrega), seu apressado, e... cara... o produto é muito bom. Dificilmente quebrar-se-á (olha, mãe, uma mesóclise) em um ou dois anos.

Ah, já falei que a caixa é linda e robusta? Errr... Acho que sim...

Lembre-se, a caixinha é para pessoas fynas e E-DU-CA-DAS! Não espere que seu som seja audível a mais de 50 metros de distância. Para isso, use o paredão feito no fundo do quintal que você equipou na sua Saveiro antiga.

Hoje, minha caixa adorna um mesa do escritório, perfeitamente centralizada com o monitor para uma experiência sonora agradável enquanto trabalho no meu Ubuntu...

Ah, como prometi, segue a GALERIA DE FOTOS.

Nenhum comentário :

Postar um comentário